Plano de Negócio

20abr, 2019

O plano de negócios é o instrumento ideal para traçar um retrato do mercado, do produto e das atitudes do empreendedor. É por meio dele que você terá informações detalhadas do seu ramo, produtos e serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo para a identificação da viabilidade de sua ideia e da gestão da empresa.

Por que o plano de negócio é importante para minha empresa?

O plano de negócios é importante tanto para quem está abrindo o negócio quanto para quem está ampliando o empreendimento. Vale destacar que esse planejamento não elimina os riscos, mas evita que erros.
A elaboração do plano de negócios deve preceder a execução. Depois de o empreendedor ter uma ideia que atenda um problema ou uma necessidade e verificar se essa oportunidade existe. O mais importante desse detalhamento é que, nesse processo, o empreendedor aprofunda muito o conhecimento de seu negócio, antecipando possíveis armadilhas, elementos-surpresa, erros e problemas, trazendo previsibilidade e antecipando as soluções.

  • Organiza as ideias ao iniciar um novo empreendimento.
  • Orienta a expansão de empresas já em atividade.
  • Apoia a administração do negócio, seja em seus números, seja em estratégias.

    1. Descubra se essa oportunidade e mercado existem de fato. E se você está realmente solucionando o problema de alguém.

    2. Converse com as pessoas e pesquise quantas vezes forem necessárias.

    3. Mapeie os seus concorrentes, diretos e indiretos. E mostre claramente qual é o diferencial do seu negócio em relação a eles.

    4. Seja conservador. Sonhar é bom, mas não na elaboração de um plano de negócios.

    5. Monte diversos cenários para suas projeções – sabendo que um empreendedor corre sempre o risco de fazer suposições que nunca se concretizem.

    6. Mostre que o plano de negócios é executável.

    7. Trabalhe a sua rede de contatos em paralelo com o plano de negócios – conectando-se a fornecedores, clientes etc. por meio de ferramentas como Facebook, Instagram e LinkedIn.

    8. Seja objetivo: vá sempre direto ao ponto. Descarte informações que não sejam essenciais.

    9. Seja preciso: determine prazos para todas as etapas, e quem as executará.

    10. Seja flexível: não tenha medo de modificar o seu plano de negócios! A cada dia, você descobrirá coisas novas sobre o mercado, produto ou serviço. E terá que fazer diversas atualizações ou mudanças de rota.

    O plano de negócio é um documento mais extenso, detalhando o empreendimento existente ou que está sendo construído. O objetivo é que uma pessoa de fora da organização, como um investidor, consiga entendê-la 100% através de sua leitura.

    Este livro traz exemplos práticos. É indicado para quem quer se aprofundar no assunto e mostra dicas e conceitos através de casos. “Plano de Negócios – Exemplos Práticos”, de José Carlos Assis Dornelas; (Editora: Elsevier)

    Já está comprovado que empreendedores que planejam têm mais chances de ter sucesso. Começar com um plano de negócios pode evitar prejuízos e surpresas desagradáveis. O planejamento, no entanto, leva tempo e dedicação.

    Até breve!!
    Fabiana Gea Malaguti
    Master Coach e Treinadora

    Informações e sugestões: contato@coachfabianamalaguti.com.br

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *