Como anda a sua Inteligência Emocional

30jul, 2019

Você sabia que muitas vezes ficamos ansiosos e não percebemos isso! Com certeza você não escolheu ser ansioso.
O problema é que, às vezes, isso acontece inconscientemente.

E por que será que as vezes não conseguimos controlar nossos sentimentos?

O que ocorre é que o nosso lado emocional do cérebro funciona mais rapidamente do que o lado racional. Ou seja, enquanto estamos agindo no calor da emoção, nossa razão ainda está processando o fato e analisando.

A partir do momento que começamos a perceber que somos movidos principalmente pelos sentimentos, é que vemos a necessidade de entender os pilares da Inteligência Emocional!

O que é Inteligência Emocional?

Inteligência emocional é um conceito relacionado com a chamada “inteligência social”, presente na psicologia e criado pelo psicólogo estadunidense Daniel Goleman. Um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com mais facilidade.

Uma das grandes vantagens das pessoas com inteligência emocional é a capacidade de se automotivar e seguir em frente, mesmo diante de frustrações e desilusões.

De acordo com Goleman, a inteligência emocional pode ser subdivida em cinco habilidades específicas:

  • Autoconhecimento emocional
  • Controle emocional
  • Automotivação
  • Empatia
  • Desenvolver relacionamentos interpessoais (habilidades sociais)

O “controle” das emoções e sentimentos, com o intuito de conseguir atingir algum objetivo, atualmente, pode ser considerado com um dos principais trunfos para o sucesso pessoal e profissional.

  • Dê atenção ao seu corpo e comportamentos

  • Reduza as emoções negativas

  • Lide de frente com o estresse e a ansiedade

  • Não julgue ou mude seus sentimentos com muita rapidez

  • Pratique o “responder” ao invés do “reagir”

  • Pratique a empatia

  • Crie um ambiente positivo

  • Conheça seus limites e saiba quando é suficiente

Controlar e dominar os impulsos negativos emocionais, como ansiedade, frustração, raiva e tristeza, faz com que as pessoas tenham foco para incorporar o autoconhecimento, a autoconsciência e a empatia.

Os resultados são benéficos tanto para a qualidade de vida, como para a produtividade do trabalhador na empresa.

Quem demonstra controle emocional, autoestima elevada e autoconfiança, têm capacidade para identificar várias soluções para os problemas enfrentados no dia a dia.

É notório, por exemplo, que administrar conflitos é uma das competências que mais exige o uso da habilidade ou capacidade emocional, uma vez que é no ato de uma negociação que a pessoa demonstra se tem ou não equilíbrio entre razão e emoção.

Por que é importante trabalhar sua inteligência emocional?

Como demonstrado por diferentes pesquisas e estudos, incluindo os de Goleman citados nesse texto, indivíduos com uma boa inteligência emocional tendem a ser mais bem sucedidos em suas vidas, tanto no âmbito profissional como o pessoal.

Confira alguns dos maiores benefícios e vantagens de ter uma boa inteligência emocional:

  • Desenvolvimento da liderança
  • Melhoria na capacidade de tomada de decisão
  • Desenvolvimento de automotivação e curiosidade
  • Melhoria no desempenho profissional
  • Desenvolvimento da comunicação e poder de influência
  • Clareza de metas e objetivos (pessoais e profissionais)

Agora que você já entende mais sobre inteligência emocional e sabe como desenvolvê-la, está pronto para ser uma pessoa mais consciente e dona de suas emoções e atos.

Com um pouco de treino todos os dias, aos poucos você conseguirá sentir todos os benefícios da inteligência emocional e poderá, consequentemente, ser uma pessoa mais bem sucedida em sua vida pessoal e profissional.

 

Até breve!!
Fabiana Gea Malaguti
Master Coach e Treinadora

Informações e sugestões: contato@coachfabianamalaguti.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat