Arregaçando as Mangas

20abr, 2019

Estar insatisfeito em algum momento da vida é normal, mas qual o primeiro passo para sair da zona de conforto?

Você está onde gostaria de estar?

Ou melhor: você está onde pensou em estar nesse momento da sua vida?

Sempre fazemos diversos planos e nos imaginamos em diversos lugares, e principalmente, tendo alcançado objetivos específicos que traçamos ao longo da vida. Mas nem sempre as coisas saem como planejado. Nem sempre os planos dão certo e nos vemos em alguns cenários não muito animadores. E muitas vezes, por muito tempo, esquecemos de nos perguntar: o que eu posso fazer para mudar isso? Em vez disso, ficamos imersos e inertes em uma situação de desconforto e descontentamento. Mas como dar o primeiro passo para sair dela?

“Desacreditar em si é um dos principais obstáculos para superar os limites pessoais”. Breno Rosostolato.

Saindo da Inércia

Se os planos dão errado, tendemos a nos acostumar com o quadro em que estamos ou não encontrar motivação para sair dele. Por outro lado, podemos deixar que a nossa vida nos leve para caminhos que não foram planejados.
Mesmo que tenhamos metas claras e objetivos definidos, é comum pensar em desistir nas primeiras dificuldades, ainda mais se o processo para conseguir o que deseja for a longo prazo, se manter motivado é importante e estar focado em seu propósito equilibra a sua evolução.

Um degrau de cada vez

Se você não está contente onde está, provavelmente sabe onde gostaria de estar? Se não sabe, é preciso reavaliar algumas coisas. Como definir objetivos e principalmente, de que maneira chegar lá?

1) Acredite na mudança: a motivação está dentro de você, e você tem o poder de tomar os rumos da sua vida e tendo seu propósito claro, poderá alcançar seus objetivos e abandonar o que incomoda você.
2) Tenha disciplina: uma vez definido os objetivos e tendo claro como chegar lá, é hora de colocar a mão na massa! Para isso, mantenha-se disciplinado e com foco. Caso alguma coisa saia fora do planejado, reavalie suas metas e se necessário, relampeje a rota.
3) Faça planos: se você já sabe onde quer chegar, agora é preciso definir como. Quais os caminhos e o que precisará fazer para chegar lá? Vai ter que deixar algo de lado? Se precisar de ajuda nesse passo, não pense duas vezes, peça.
4) Trace objetivos: Quem não sabe onde quer chegar, acaba indo para qualquer lugar. Essa frase sintetiza o primeiro passo. Saiba onde quer chegar e em quanto tempo, além disso, tenha um porquê. Fica mais fácil alcançar algo se tiver um propósito para isso.

Lembre-se: Acreditar em si é um dos principais obstáculos para superar os limites pessoais. A partir do momento que você acredita em si, a pessoa se torna mais consciente dos próprios limites e possibilidades. Consegue desenvolver aptidões, afinal, são as histórias que contamos que se tornam experiência de vida. São essas vivências a riqueza do autoconhecimento.

Até breve!!
Fabiana Gea Malaguti
Master Coach e Treinadora

Informações e sugestões: contato@coachfabianamalaguti.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat